Eventos‎ > ‎

XII ESEM


XII ESEM

Desafios da Prática Profissional do Professor que Ensina Matemática.

O XII Encontro Sul-Mato-Grossense de Educação Matemática (ESEM) se constitui como um espaço de discussão, reflexão e problematização de questões relacionadas à Educação Matemática. Ao longo de mais de duas décadas, professores de matemática, (da Educação Básica à Pós Graduação) e licenciandos em matemática se reúnem para compartilharem seus entraves, desafios e realizações; o ESEM se constitui como um destes espaços. Nas últimas edições do ESEM tivemos como tema Entre a Formação e a Profissionalização do Professor de Matemática (X ESEM - Dourados/MS) e Contextualização: contribuições para o ensino e aprendizagem da matemática (XI ESEM - Nova Andradina/MS). Neste ano, o XII ESEM, a ser realizado em Campo Grande/MS, nos dias 18 a 20 de Setembro, tem como tema: Desafios da Prática Profissional do Professor que Ensina Matemática. Esperamos a participação de Professores de Matemática, Pedagogos, Matemáticos, Estatísticos, Educadores Matemáticos de forma geral e todos os profissionais que possam se interessar em discutir estes desafios que nos são postos cotidianamente.

Temos como principais objetivos neste encontro:

·         Propiciar ao Professor de Matemática, dos mais diversos níveis, um espaço de trocas de experiência e aprendizado mútuo;

·         Divulgar os resultados de pesquisas que contribuam com a temática do Evento;

·         Aproximar as pesquisas acadêmicas das práticas educacionais escolares;

·         Promover o intercâmbio de conhecimentos na área de Educação Matemática;

ANAIS DO EVENTO

*Certificados que estavam AUSENTES NA LISTAGEM ANTERIOR

Certificados de Participação

https://onedrive.live.com/redir?resid=8C396E601AB2F49!1204&authkey=!AHrVIF50PAlFEqQ&ithint=file%2cpdf

Certificados de Apresentação

Certificados Minicursos

Certificados Comissões

Problemas nos Certificados

Inscrições

*** Atenção***
Alunos de Graduação em Grupo de Mais de 10 pessoas - Inscrições diretamente com Ivanete pelo e-mail <ivanetefatima22@gmail.com>
PREÇO PROMOCIONAL

Primeiro Prazo

08/06/15 – 31/07/15

Professores da Educação Básica: R$ 40,00

Graduandos em Matemática: R$ 40,00

Mestrandos e Doutorandos: R$ 50,00

Professor do Ensino Superior: R$ 60,00

Segundo Prazo

01/08/2015 – 31/08/2015

 

Professores da Educação Básica: R$ 40,00

Graduandos em Matemática: R$ 60,00

Mestrandos e Doutorandos: R$ 70,00

Professor do Ensino Superior: R$ 80,00

 

Terceiro Prazo

01/09/2015 – 18/09/2015

 

Professores da Educação Básica: R$ 40,00

Graduandos em Matemática: R$ 80,00

Mestrandos e Doutorandos: R$ 90,00

Professor do Ensino Superior: R$ 100,00

 

 

Para se inscrever é necessário recolher a taxa de inscrição depositando diretamente na conta:

Banco do Brasil

Agência: 4211-0

Conta Corrente: 110509-4

Após o recolhimento da taxa, deve preencher o formulário on-line na página da SBEM-MS inserindo o número da operação/transferência do pagamento. Pede-se que guarde o comprovante, pois o mesmo poderá ser solicitado pela comissão de inscrição.

Submissão de Trabalhos

Envio de trabalhos: 08/06/2015 a 17/08/2015 (segunda-feira);

O evento aceitará trabalhos nas seguintes modalidades:

·         Iniciação Científica (PIBIC), Iniciação à Docência (PIBID), Trabalhos de Conclusão de Curso e Projetos em Andamento com resultados parciais; (4 a 7 páginas)

·         Relatos de Experiência de Ensino; (4 a 7 páginas)

·         Mestrado Concluído (ou em conclusão com resultados a serem apresentados); (6 a 9 páginas)

·         Doutorado Concluído (ou em conclusão com resultados a serem apresentados) - aqui se incluem também os demais artigos de natureza científica; (8 a 12 páginas)

Para a submissão de trabalhos é necessário que todos os autores estejam inscritos no evento. O trabalho deve estar formatado segundo o template (modelo) disponível e respeitar o número de páginas conforme a modalidade do texto (acima).

O autor principal do texto deve enviar um e-mail para: sbem.ms@gmail.com , (com cópia para os demais autores) com o arquivo do texto em versão cega e completa, intitulado “cega.doc” e “completa_sobrenome.doc”, no corpo do e-mail deve colocar o título do trabalho, modalidade em que está se inscrevendo e nome de todos os autores do texto. No “assunto” do e-mail deve colocar: Submissão de Trabalho XII ESEM.

Assim que receber o texto, a comissão verificará os itens acima e enviará ao autor principal, com cópia para os demais autores, um e-mail de confirmação de recebimento dos arquivos.

Programação – XII ESEM – Campo Grande

Local: UFMS - Campo Grande – Anfiteatros Multiuso

 

18 de setembro (Sexta)

19 de Setembro (sábado)

20 de Setembro (domingo)

Manhã

 

7h30 – 11h00

Minicursos

 Café: 9h00 – 9h30

8h00 – 9h00

Café da Manhã

9h00- 11h00

Painel de Encerramento

Encerramento do ESEM

Tarde

 

13h00 – 16h30

Apresentações de Comunicação Científica e Relatos de Experiência

 Café: 15h00 – 15h30

16h30 – 17h30

Assembleia da SBEM-MS

 

Noite

19h00 – 20h00

Cerimônia de Abertura

Lançamento do Caderno Pedagógico de Matemática do Ensino Médio – SED-MS-SBEM-MS

 20h00 – 21h30

Palestra de Abertura

Professor Bigode

21h30 -22h00

Coquetel

20h00-22h00

Festa de Confraternização

Lançamento de Livros

 

Arquivo em PDF com todas as informação acima:

http://www.edumat.ufms.br/gestor/titan.php?target=openFile&fileId=373

Modelo para o envio de trabalhos: 

http://www.edumat.ufms.br/gestor/titan.php?target=openFile&fileId=380

Formulário de Inscrição:

http://goo.gl/forms/kQDrKmLyZr



Minicursos - XII ESEM - 2015 - Campo Grande

A escolha de qual minicurso deseja participar será efetuada no momento do credenciamento obedecendo a ordem de chegada. Salientamos que as vagas são limitadas.

Minicurso 1 - As divergências e as lacunas que a Prática Pedagógica tem criado sobre o zero

Dr. José Felice (UEMS - Nova Andradina)

Resumo:

No minicurso, a proposta é refletir sobre a existência do zero na composição dos conjuntos numéricos, e nas definições de diversas operações matemáticas. O objetivo é analisar a existência do zero numa visão científica e propor linguagens matemáticas acessíveis para que os estudantes possam compreendê-las.

 

Minicurso 2 - Equações Diofantinas: Métodos de Aprendizagem

Profa. Dra. Elen Viviani Pereira Spreafico – (UFMS – Campo Grande)

Profa. Dra. Andréia Cristina Ribeiro (UFMS – Paranaíba)

Resumo:

Este minicurso tem como objetivo estudar os princípios básicos de ensino para resolução de equações diofantinas lineares e racionais,  equações essas que podem ser exploradas através de formulação de exercícios algébricos aliados a problemas do cotidiano, como também podem ser vistas através de retas lineares com um apelo geométrico. Além disso, temos por objetivo explanar sobre as tecnologias disponíveis para o ensino da resolução das equações diofantinas tanto algebricamente como geometricamente.  

 
 Obs: Os participantes que se interessarem por este minicurso deverão trazer computador com o software GeoGebra instalado.

Minicurso 3 - Geometria e medidas nos anos iniciais do ensino fundamental: como diversificar e articular?

Profa. Ms. Iraci Cazzolato Arnaldi (SEMED – Campo Grande)

Prof. Dr. José Luiz Magalhães de Freitas (UFMS – Campo Grande)

Resumo:

O objetivo principal deste minicurso é discutir possibilidades de abordagens de conteúdos básicos de geometria e medidas no ensino fundamental, por meio de atividades envolvendo poliedros e polígonos.  Pretendemos abordar tanto aspectos teóricos quanto práticos, por meio de questionamentos, experimentações, verificações e justificativas, entre outras formas de produzir e validar conhecimentos envolvendo geometria e medidas. Por meio de atividades selecionadas procuraremos mesclar a exploração de materiais concretos com questões sobre o sistema métrico decimal, bem como sobre figuras geométricas tridimensionais, bidimensionais e unidimensionais, discutindo conceitos e propriedades tanto sobre espaço e forma quanto de grandezas e medidas. Espera-se que o minicurso contribua com as reflexões sobre possibilidades de abordagens que promovam a diversidade de contextos, linguagens, recursos e situações-problema envolvendo conteúdos de espaço e forma, bem como de grandezas e medidas.

 

Minicurso 4 - Como estudar números complexos se você conhece matrizes

Antonio Carlos Tamarozzi e Luana Beatriz Cardoso

Programa de Educação Tutorial - PET – UFMS/CPTL

Resumo:

A teoria dos números complexos sempre foi taxada de abstrata e questionada no que se trata de uma caracterização prática para suas operações. Neste mini-curso exploramos uma analogia interessante entre o conjunto dos números complexos e um conjunto particular de matrizes 2x2. Faz-se então uma alternativa metodológica para a abordagem deste conceito no ensino médio.

 

Minicurso 5 – Modelagem Matemática: uma possibilidade para o ensino de Matemática em diferentes níveis

Dra. Claudia Carreira da Rosa (UFMS – Ponta Porã)

Resumo:

Trabalhar com atividades de Modelagem Matemática é atribuir movimento à Matemática, partindo de um problema real, traduzindo-o em linguagem matemática de forma a encontrar um modelo matemático e então o interpretar no contexto real inicial. Assim, consideramos que a Modelagem Matemática no contexto da Educação Matemática é uma possibilidade para o ensino e aprendizagem da matemática que pode ser usada em todos os níveis de ensino. Neste sentido, estamos interessados em discutir diferentes aspectos do uso da Modelagem Matemática em sala de aula, mostrando que uma atividade de Modelagem pode ser usada em diferentes níveis de ensino, pois o que a diferenciará em cada nível é o objetivo matemático do professor e como o mesmo irá conduzir o desenvolvimento da mesma.

 

Minicurso 6 - Pensando os Infinitésimos em Atividades de Cálculo Diferencial e Integral

Dr. Marcelo Batarce (UEMS – Dourados)

Resumo:

Os trabalhos deste mini curso estão fundamentados em leituras das pesquisas de Roberto R. Baldino e Tania Baptista Cabral sobre o Ensino de Cálculo via Infinitésimos. Considerando o limite de tempo do mini curso teremos um foco no conceito de Derivada, notadamente nas comparação de duas abordagens para a introdução do conceito: via limites e via infinitésimos. Pretende-se que uma discussão sobre o Ensino de Cálculo seja fomentada a partir das atividades e textos propostos para o minicurso e considerando as experiências dos participantes. Será proposto um tempo para discussão ao final do mini curso.

 

Minicurso 7 - Introdução à matemática financeira

Dr. Claudemir Aniz (UFMS – Campo Grande)

Resumo:

A Matemática Financeira é um ramo da Matemática que tem como objeto de estudo o comportamento do recurso financeiro ao longo do tempo. Avalia-se a maneira como este recurso está sendo ou será empregado de maneira a maximizar o resultado, que se espera positivo. O objetivo do minicurso é introduzir a matemática financeira de maneira simples e agradável. Abordaremos conceitos básicos e chamaremos a atenção para alguns fatos que podem influenciar na tomada de decisões do cotidiano.

 

Minicurso 8 - A Matemática é assim! Por quê? Porque sim!

Ms. Juliana Alves de Souza (UFMS – Aquidauana)

Ms. Susilene Garcia da Silva Oliveira (UFMS – Aquidauana)

Resumo:

Nós professores sempre desejamos que nossos alunos sejam participativos em aula. Uma maneira do estudante expor seu interesse e curiosidade é fazendo perguntas. E ai surgem os por quês, juntamente com nossas inseguranças ou desconhecimentos. Respondemo-los ou recorremos a respostas vagas como “porque é regra da Matemática”, “porque sim”...? O minicurso visa analisar alguns por quês (questionamentos) matemáticos da Educação Básica e discutir porquês (respostas). Espera-se oferecer ao professor uma oportunidade de conhecer e discutir alguns por quês presentes no ensino de Matemática, como também poder ensiná-los e responder satisfatoriamente às curiosidades e questionamentos de seus alunos. 



Cronograma de Apresentações de Trabalhos no XI ESEM – Encontro Sul-Mato-Grossense de Educação Matemática

 

OBS: O tempo destinado para cada um dos trabalhos corresponde a 15 minutos de apresentação e 10 minutos de discussão

 

Sala 01

Debatedores: Vanessa Neto e Kleber Ramos

13:00 – 13:25

O ensino de Matemática no início da docência: contribuições de um grupo de estudos na formação continuada de professores

Elaine da S. Santos Goulart

Anelisa Kisielewski Esteves

13:25 – 13:50

Prática profissional do professor que ensina matemática: a experiência do PIBID de Matemática

José Ramão de S. Chiquitin

Vanilda Alves da Silva

13:50 – 14:15

SBEM-MS: Alguns indícios sobre sua atuação no estado

Nathalia Teixeira Larrea

Luzia Aparecida de Souza

14:15 – 14:40

Centro de educação complementar a distância – Cecad: curso “resolução de problemas de matemática”

Ana Claudia L.de Morais

14:40 – 15:00

Articulação das discussões

 

15:00 – 15:30

INTERVALO

 

15:30 – 15:55

Uso de tecnologias digitais e a interação em um curso de licenciatura em matemática a distância

Frederico Fonseca Fernandes

Suely Scherer

15:55 – 16:20

A importância da formação continuada para professores dos anos iniciais: uma experiência em Aral Moreira-MS

 

Neide Roman

Debora Coelho de Souza

Lariane Carolina G. Alcara

Claudia Carreira da Rosa

16:20 – 16:30

Articulação das discussões

 

 

 

Sala 02

Debatedores: Ana Carolina  e Leonardo Dourado

13:00 – 13:30

O xadrez como ferramenta pedagógica no ensino da matemática: relato de experiência

Alessandra L. de M. Mantovani

Jessica Martins de Souza

13:30 – 14:00

Pesquisas sobre licenciatura em matemática a distância: um panorama

Ana Claudia L. de Morais

Thiago Pedro Pinto

14:00 – 14:30

Primeiros movimentos de construção de um discurso sobre os Cursos de licenciatura em matemática em regime modular em Campo grande MS

Ana Maria de Almeida

Luzia Aparecida de Souza

14:30 – 15:00

Caracterização da prática como componente curricular em uma trajetória de aprendizagem no ciclo trigonométrico

Sonner Arfux de Figueiredo

Nielce M. Lobo da Costa

15:00 – 15:30

INTERVALO

 

15:30 – 16:00

O uso do geoespaço na construção do conhecimento sobre poliedros

Maycon Douglas Ferreira

Cláudia Landin Negreiros

16:00 – 16:30

Articulação das discussões

 





Sala 03

Debatedores: Sonia Maria e Renan Gustavo

13:00 – 13:30

Trabalhando com oficinas no estágio: bombardeio matemático

Luciana dos Santos Silvério

13:30 – 14:00

O movimento de criação da licenciatura em matemática na UFMS – campo grande: aspectos subversivos

Carla Regina M. da Silva

14:00 – 14:30

Ensinando razão e proporção numa aula de raciocínio lógico

Emilly Lopes de Oliveira

Tharine Antunes Lopes

14:30 – 15:00

Indícios da formação de professores de matemática em Paranaíba-MS

Natalia Cristina da Silva

Thiago Pedro Pinto

15:00 – 15:30

INTERVALO

 

15:30 – 16:00

O uso de geometria no ensino de álgebra básica: uma experiência em projetos de aceleração

Celson André de Lima Júnior

Eugenia Brunilda Opazo Uribe

16:00 – 16:30

Articulação das discussões

 

 

 

Sala 04

Debatores: José Wilson e Adriana Miola

13:00 – 13:30

IC-HEMEP: um olhar para possibilidades de desenvolvimento de práticas científicas na graduação

Vivian Nantes Muniz Franco

Endrika Leal Soares

Luzia Aparecida de Souza

13:30 – 14:00

Aprendizagem da docência: reflexões sobre conhecimentos valorizados na formação inicial de professores que ensinam matemática

José Wilson dos Santos

Kátia Renata Pelegrini

14:00 – 14:30

Construção de conhecimentos sobre circunferência com o uso da lousa digital: uma experiência com alunos de uma turma do terceiro ano do ensino fundamental

Mirian José da Silva

Suely Scherer

14:30 – 15:00

Grupo de trabalho como espaço formativo: um olhar para análise de produções escritas e em vídeos

Edivagner Souza dos Santos

15:00 – 15:30

INTERVALO

 

15:30 – 16:00

Constituição do curso de graduação em matemática da UNIDERP: apontamentos iniciais

Renata A. Zandomenighi

Thiago Pedro Pinto

16:00 – 16:30

Articulação das discussões

 

 


 INFORMAÇÕES AOS PARTICIPANTES QUE SOLICITARAM ALOJAMENTO

 Deverão trazer roupa de cama e travesseiro.

 

 



Comments